Lelis
Coisas que infelizmente existem hoje

1. Restart - É mais uma bandinha de infanto-gay-rock estilo Fresno, Cine, Nx EmoRebelde, Isa TKM onde tem uma moçoila metida a cantar que põe bastante viadagem emoção em suas músicas de letras infanto-românticas e melodias tão adocicadas e meladas que mataria qualquer diabético em um raio de 1 km. 
Iam sair do armário mas ficaram presos no cabide (foto).

Seus integrantes se vestem como os sertanejos, com calças mais apertadas que piriguete. A diferença básica é que sertanejo tenta (a muito custo) mostrar que é macho, enquanto o Restart não está nem aí pra isso, pois assumem abertamente sua preferência sexual, com a ajuda de suas calças coloridas (quem foi o FDP que criou a calça laranja??), sua famosa formação de palco (Bichinhas unidas, jamais serão vencidas) e penteados esquisitos que lhes emprestam aparência de papagaios multicoloridos e afrescalhados.

Família Restart é um grupo composto por baitolinhas do rebolationbichas analfabetasgarotinhos de 13 anos estuprados pelos avôs,mocinhas escandalosas e gurias retardadas. É um fato comprovado que todos os membros desse grupo apresentam baixa taxa ou total ausência de testosterona. Quando contrariados, ameaçados ou violentados zoados, esse bando de criancinhas rebeldes ameaçam usar sua arma SUPER-ULTRA-MODINHA-FASHION-PERIGON de destruição em massa: o Twitter, onde eles tocam o terror e xingam (muito) seus desafetos. São tão maus que nem seus próprios ídolos foram poupados.

Cine: "Filho, se for pra ver pornô gay, veja sem os gemidos!"
É basicamente a mesma merda coisa que Restart (e essa po*** dessa calça laranja de novo!) Cine surgiu em SP, mais precisamente, na famosa rua Frei Caneca, quando 5 garotos decidiram sair do armário e misturar amor, ternura, calças da cor de letreiro de hotel, algumas péssimas pegadas eletrônicas para montar um 'banda', a qual foi influenciada por muito gliter, purpurina e amor entre pessoas do mesmo sexo.
O líder, vocalista, cabeleireiro viado e maquiador da banda, Juca Purpurina DH, é conhecido por ter seu maxilar semelhante ao de um equino, detalhadamente, de um jumento. Dizem as más línguas que o vocalista utiliza a boca para satisfazer seus parceiros de banda, já que é a única maneira plausível de usá-la, sabendo que o que sai dela não presta. Não entrarei em mais detalhes, explicitando o que entraria na boca dele. Quando está com a boca cheia, DH é conhecido por sempre soltar sua mais célebre frase: “O guê gue eu favo gom eva borra?”.
Sem mais, os Teletubies são mais machos e menos coloridos que esses caras u.u


3. Nx zero: Essas vieram antes das bibinhas coloridas. São bibinhas não tão coloridas que imitaram o Simple Plan.

Antes de ficarem famosos precisaram de uma ajuda especial, pois eram muito gays, emos e inúteis jovens e infantis, não conseguiriam enfrentar o mundo artístico assim. Foram até um rancho milagroso, de onde as pessoas saíam abertas para o mundo artístico. Seu tutor foi nada mais nada menos do que Clodovil Ernandes.
Agora sim eles estavam preparados para encarar de costas o mundo artístico! Com as suas 4039 desgraças músicas de duas cordas conseguiram ganhar o coração das Miguxas e até ir para a MTV, atuando como cenário do VMB.
Agora, fazendo vários shows pelo Brasil com a música Tudo entra em mim, a banda conseguiu atingir o recorde de enchentes no Estado de São Paulo. Fontes dizem que os fãs choram tanto quando escutam o som deles que os equipamentos dão curto. A sonoridade mistura o som de choro, guitarras desafinadas e pequenos intervalos sem som algum, já que freqüentemente os integrantes param de fazer barulho para ajeitar as franjas , retocar a maquiagem e dar um abraço grupal extremamente duvidoso.

4. Fresno: Fresco (também conhecida como Fresno) é uma parada gay brasileira de techno, pop, pagode emo e Olodum. Formada por Lucas Silveira "Parabiba" (gritinhos e cavaco), Rodrigo Tavares (groupie e pandeiro), Gustavo Mantovani "Vavo" (groupie e choro) e Rodrigo Sino (tambor). Pedro Cuperdido Cupertino "Cuper" (cuica) saiu da banda. Também, com aquela cara de drogado (gay não conta. isso todos tem cara)
Miguxos de colégio que costumavam fazer reuniões nos banheiros dos meninos para brincar de médico e fazer alguns batuques para chamar a atenção da homarada, descobriram que tinham um talento a mais, aquele talento que só as mulheres tinham. Para não pegar uma fama tão ruim como estavam pegando, decidiram montar uma banda, só pra disfarçar, dizer que pegam mulher e tudo mais. Só que como eles não queriam abusar da "masculinidade" só criaram músicas emotivas e tristonhas que eram voltadas ao seus passados cheios de injustiça e abusos preconceito.
ah fuck, eles são mais gays que Nx emo e pronto.



5. Simple Plan: Simple Plan é uma banda pop punk emo cujo objetivo é recriar a Guerra da Cereja e mostrar pro mundo como tudo é tão triste, e como devemos chorar e cortar os pulsos.
viadagem Banda começou com o objetivo de apoiar o capitão Badauí. Foi muito ajudada pela MTV para continuar o legado em caso de (provável) perda. Assim a MTV foi até uma boate gay, achou bixas emuxas e formaram uma banda emo com músicas que induzem as pessoas a chorar bastante e a cometer atos dignos de puro repúdio, como usar roupinhas rídiculas e assistir a MTV, Além de fazer Muita coisas homossexuais comprometedoras criam músicas gay de revolta sem motivo que inspira muitas bandas, Exemplo:Fresco Fresno, Nx zero e Cia.
Sim, foi dessa bosta que surgiu todas as outras bostas maiores de hoje.

E por hoje é só meus gafanhotos. 
Feliz dia do rock pra vocês e tshal pra quem fica

Fãs das bandinhas emo me xingando em 3,2,1
edit post
Reações: